Como fazer vendas online – 1

Quem tem um negócio, seja de serviços, seja de produtos, sabe que existem duas formas de comércio: uma presencial e uma virtual, hoje, mais conhecida como e-commerce.

Se na frente presencial, as técnicas de venda e divulgação são bem conhecidas, no caso das vendas online, tudo ainda engatinha, por mais que algumas áreas do marketing digital já estejam consolidadas em escolas de negócios por todo o mundo.

Assim, o e-commerce já tem alguns de seus pilares, mais ou menos inabaláveis. Isso é, técnicas e requisitos sem os quais a venda torna-se bastante complicada. Por outro lado, ainda existe muito espaço para a invenção e criatividade.

Assim, você sabe como fazer vendas online? Sabe quais recursos utilizar? Quais meios de entrega? Quais canais? Descubra aqui algumas dicas, e não perca mais dinheiro, por só ter loja física.

 

1.     Descubra seu nicho

Quando falamos em vendas online, estamos pensando em lojas, comércios e restaurantes. E cada um desses setores têm diferentes nichos.

Por exemplo: Você pode ter um comércio de roupas esportivas ou roupas de neve. Você pode ter um restaurante japonês ou restaurante italiano.

Enfim, descubra seu nicho, e aposte nele. Não gaste energia e tempo investindo em e-commerce que não seja sua área.

 

2.     Invista em redes sociais

Redes sociais são O CANAL para quem quer começar (ou ampliar) o e-commerce.  Não é apenas um site com fotos, um texto simples e anúncios de promoções. Isso funciona em lojas que tenham um apelo físico muito grande. Mas não vai funcionar sempre.

Mesmo mercados populares já começam a investir em uma comunicação por redes sociais, mais criativa. Você não deve reduzir suas redes a um panfleto online de ofertas.

Interagir com humor, fazer postagens com fotos de clientes, criar conteúdo interativo são algumas ferramentas para atrair um novo público e sustentar o antigo.

Promoções nos canais online, cupons de desconto e parcerias com influenciadores pode ser uma solução.

Investir em uma agência de marketing digital pode ser um bom investimento.

 

3.     Aposte em diversos canais e serviços de entrega

Não faça suas vendas apenas pelo seu site ou rede social. Esteja cadastrado, também em sites de vendas, como Amazon, Mercado Livre e similares.

Quanto mais você estiver online, maiores são as chances de você ser encontrado. Considere também se cadastrar em apps de vendas, principalmente se seu negócio for um restaurante.

Além disso, trabalhe com diversos serviços de entrega (Loggi, Uber, Rappi), além de manter um próprio.

 

4.     Crie um app de vendas da sua loja

Procure uma empresa de desenvolvimento de aplicativos, e invista nesse canal; então cadastre sua app na Google Store, e divulgue ele.

Grandes marcas da moda de varejo têm apostado nesses canais. Além de conferir ao seu serviço um status diferenciado, um aplicativo permite um contato mais próximo com o cliente. Inclusive, levando a uma fidelização.

Também, é a dica: esteja presente nas redes. Um app exclusivo é mais uma forma de “ser encontrado”.

 

Veja mais dicas de e-commerce aqui.

Conteúdo relacionado: