O que é THE? Por que estudar para ele é tão importante – em alguns cursos?

 

Pouco divulgado e conhecido o THE é essencial em alguns vestibulares. Porém, o THE é imprescindível.

Você sabe o que é ele?

Trata-se do Teste de Habilidades Específicas (por isso é que, se você não quer fazer um curso que exija habilidades específicas, você provavelmente nunca ouviu falar dele).

Não são todos os cursos, os que pedem o THE, como dissemos. Para aqueles que pedem, entretanto, pode-se dizer, que o THE é a prova de corte definitiva.

E que cursos são esses? Notadamente, é exigido habilidades específicas em cursos como Música, Educação Física, Artes Plásticas e Artes Cênicas – principalmente, Dança.

Eventualmente, Arquitetura e Design podem exigir alguma prova específica, mas isso varia de universidade para universidade.

 

Selecionando os profissionais entre amadores

Em matérias como Música, Artes Visuais e Dança, temos dois tipos de pessoas. Os profissionais e os amadores.

Os aspirantes você sabe quem são: é seu amigo que desenha mangás no fim de semana; seu vizinho que faz dança de salão; seu pai que arranha um cavaquinho com os amigos, nos churrascos da família…

São pessoas que veem essas matérias como diversão ou hobby.

Isso também acontece em Educação Física, claro. Existe grande diferença entre um Zagalo e um “tiozão que bate uma pelada no domingo”, por exemplo.

Logo, o THE, serve pra isso: para selecionar os profissionais, entre os amadores.

Isso porque, esses cursos de graduação se propõem a um ensino superior. Ou seja, não vão ensinar o aluno do zero, mas a partir de um conhecimento mínimo.

Além de elevar a qualidade do curso (ou seja, não dedica horas com noções elementares), o THE garante que o curso seja feito apenas por pessoas com visão profissional do curso.

Por exemplo: Alguém que estuda a Dança como expressão corporal-cultural; alguém que estuda ponto e contraponto em composição musical; alguém que pensa em corporeidade na prática do Futebol.

São pessoas que veem essas matérias, mais do que como hobby, como um trabalho.

A grande questão é que, nesse caso, são hobbies que envolvem atividades estéticas ou esportivas. Imagine o inverso: muitas pessoas têm, por hobby, redigir auditorias externas de serviços públicos.

Se esse fosse o caso, tenha certeza, haveria um THE no curso de Ciências Contábeis.

 

Como estudar para um THE?

Assim, surge a pergunta: como estudar para um THE?

Primeiro, tenha o mínimo de habilidade com aquela matéria.

Se você quer se formar em Educação Física, estude sobre aquecimento, pré e pós treino, melhore sua aptidão física…

Se você quer estudar música, aprenda a ler partitura, e seja um músico minimante bom.

Faça cursos sobre sua matéria, para você ter um bom embasamento.

Segundo, conheça as provas anteriores da instituição. Pesquise, converse com alunos e ex-alunos. Saiba o que os professores avaliaram; estude a partir disso.

Terceiro, leia o edital com atenção, quando ele sair. A dica é, não espere o edital ser publicado, para começar sua preparação. Mas quando acontecer, foque nele.

Conteúdo relacionado: