Como otimizar sua hora de estudos?

Se você está pensando em prestar um concurso, vestibular ou Enem, já sabe: estudar é a chave do sucesso. Mesmo que você tenha acabado de concluir o colégio, ou esteja em um cursinho, sem estudar em casa fica muito difícil – talvez, até impossível – você ter um bom resultado.

O grande problema é que uns 80% de nós não temos tempo e condições (leia-se “Dinheiro”) para ficar “Só estudando”. Temos de trabalhar, cuidar dos filhos, da casa, visitar os parentes, fazer mercado…

E agora? O que fazer? Equilibre seu tempo, e consigo estudar E fazer tudo o que é preciso.  É bastante simples, inclusive; siga essas dicas para otimizar seus estudos, e fique preparado para as provas!

 

1.     Organize seu ambiente de estudos

Se você mora em uma casa com dois quartos, ou uma edícula, um quartinho, um armário debaixo da escada, um canto na sala, isso é mais ou menos fácil.

Lá será seu canto dos estudos. Então lá você não pode acumular nada que seja desnecessário aos seus… Estudos, isso mesmo!

Parece simples, mas muita gente erra aí: o canto dos estudos vira mais uma parte da casa, e quando vai ver, o cachorro está dormindo ali, tem umas roupas jogadas perto…

Não!

O canto dos estudos é território vedado. Ali você só vai sentar se for pra estudar. Sentou, abriu o livro. Fechou o livro, levantou. Simples assim. Você acostuma seu cérebro a associar aquele ambiente e tudo que há nele com os estudos.

Se você mora numa kitchenette ou aluga o quarto, fica um pouco mais apertado, mas você pode transformar, até, uma única mesa num canto dos estudos. Basta querer.

 

2.     Crie um cronograma

Pensar sistematicamente seu tempo será uma mão-na-rosa pra estudar, porque aí você não perde tempo pensando “o que vou ver hoje?”, nem tempo pesquisando outros assuntos. Você abre sua agenda e está lá: Legislação 1, por exemplo. Pronto, você já sabe o que precisa fazer naquele dia.

 

3.     Escreva à mão

Parece bobagem, mas escrever à mão te ajudará muito. Primeiro, porque vai forçar você a usar todo o cérebro (parte mecânica, de memória, de raciocínio). Segundo, porque escrever à mão demora mais, então, você vai fixando melhor as palavras e conceitos.

 

4.     Faça mapas conceituais

E por falar em conceitos, mapas conceituais são essenciais. Ligar uma ideia a outra, usar flechas, cores, pontilhados… Isso torna ideias abstratas algo mais concreto – e mais fácil de decorar.

 

5.     Saiba descansar

Descansar significa descansar. Não é para você fazer uma pausa de cinco minutos da aula de Matemática, lendo um livro de Biologia. É parar de estudar e ir fazer alguma coisa diferente. Crochê, musculação, TV, brincar com o gato…

Fazer coisas que não sejam estudar são importantes pro cérebro parar, respirar e se preparar.

 

6.     Faça teste e simulações

Fazer uma prova-teste é essencial, para você ver onde está errando, o que você entendeu, o que falta… É uma forma de treinar sua velocidade de responder, também.

Conteúdo relacionado: