O que faz um analista de comunicação? Como se tornar um?

Um dos cargos mais importantes em agências de publicidade e de relações públicas é o analista de comunicação. Mais do que um simples “marqueteiro”, o trabalho desse profissional, e sua equipe, define os rumos dos demais setores.

Podemos dizer, inclusive, que o trabalho de um analista de comunicação é o que dá as bases do trabalho de publicitários e assessores de imprensa. Além disso, esse departamento define, ainda, alguns parâmetros dos departamentos de RH.

Por que esse cargo têm tantas atribuições? Qual a importância de analistas de comunicação em grandes empresas, mesmo quando elas não são da área de RP ou Publicidade?

 

A importância de uma comunicação direcionada

 

O analista de comunicação é o profissional que, junto de sua equipe, vai elaborar relatórios, internos ou externos, sobre a empresa. Se essa empresa for uma agência de marketing ou de Relações Públicas, seu trabalho será, também, com o cliente.

O Analista de comunicação se diferencia de um publicitário pela forma como ele trabalha e pelo objetivo de seu trabalho. Inclusive no marketing digital.

Enquanto o foco de um publicitário é na identificação de demandas, e criação de um discurso comercial, o analista monitora a recepção, em jornais, sites, emissoras de TV e redes sociais.

Sua atuação envolve pesquisas de mercado, mas seu foco é na relação que o público-alvo está tendo com o discurso publicitário em questão. Por exemplo, em uma propaganda política, o publicitário vai construir a imagem do candidato; o analista vai monitorar como estão sendo as reações a essa imagem.

Semelhantemente, acontece em uma agência de RP. Enquanto a equipe de assessoria cuida de redigir a comunicação oficial e imagem pública do cliente, o analista verifica a recepção dessa imagem pelo público.

Essa análise se dá de diversas formas. A mais simples é lendo jornais e revistas. Com o avanço de sistemas de AI, o trabalho de uma analista se torna mais profundo: ele usa softwares, ferramentas de marketing digital e programas de Data Discovery e Big Data, para monitorar tendências do mercado.

 

Analistas de comunicação interna

 

Analistas de comunicação interna ou institucional, por sua vez, são aqueles que farão todo esse trabalho, mas dentro de uma empresa. Ou seja, seu trabalho é fazer os setores de uma empresa se entenderem, e fazer os departamentos e hierarquias se comunicarem de forma clara.

Por isso, seu trabalho pode influenciar, inclusive, o RH. Seu trabalho consistirá em produzir newsletters, monitorar demandas dos setores, produzir comunicação interna sobre pautas que as chefias considerem relevantes e afins.

Juntamente com o Departamento de Marketing (ou subjugado a ele), o analista de comunicação interna também vai cuidar das redes sociais da empresa, a fim de produzir um discurso oficial adequado com os valores institucionais, porém, dentro de um tom adequado.

 

Formação

A formação de um analista de comunicação começa em cursos de comunicação: Jornalismo, Comunicação Social, Rádio e TV, Publicidade, entre outros. Depois, o profissional se especializa em análise de comunicação em MBAs.

Conteúdo relacionado:

O que faz um urbanista?

Uma das profissões do futuro será a de Arquiteto Urbanista, ou, resumidamente, Urbanista. Por quê? Porque as cidades precisam ser repensadas, de forma a atenderem