5 livros de literatura brasileira para entender o Brasil de 2020

A literatura é uma arte que serve para nos tornar mais humanos. Grandes personagens da literatura mundial servem de exemplo para certas situações. Quem não conhece o amor de Romeu e Julieta? Ou a lealdade dos Três Mosqueteiros?

Assim, ler livros de Literatura, para além de livros corporativos, religiosos ou de autoajuda, é uma ótima forma de conhecer mais sobre o mundo, sobre as pessoas e sobre si mesmo, também.

Pela literatura, enxergamos problemas que existem à nossa volta, e não percebíamos. Pode ser, ainda, uma forma de encontrar soluções para questões grandes ou pequenas. E claro, é uma diversão saudável.

Ler estimula o cérebro, a imaginação, a criatividade e as emoções. Condições essenciais para quem quer se destacar enquanto profissional e enquanto individuo de um grupo.

Assim, uma forma de pensar o Brasil, talvez, seja pelos livros que falam sobre ele. Não os livros de Economia (do Celso Furtado) ou História (do Boris Fausto). Mas os de Literatura contemporânea.

Abaixo, selecionamos alguns títulos de literatura brasileira recente, que falam sobre o Brasil do agora. Confira!

 

1.     O Tribunal da Quinta-feira – Michel Laub

Romance que fala sobre os perigos das redes sociais, quando, uma mulher vingativa espalha as conversas de seu ex-marido e seu amigo. Os e-mails dos dois são em tom de deboche e ironia, mas, ao serem lidos na internet, geram a revolta dos usuários.

Laub fala contra o falso moralismo do mundo digital, e os perigoso do excesso de informação, sem bom-senso.

 

2.     Becos da Memória – Conceição Evaristo

Romance que fala sobre o nascimento de demolição de uma favela de uma grande metrópole. Conceição não nos diz onde é essa cidade, mas ela tem elementos de várias capitais brasileiras.

No livro, acompanhamos a história dos moradores, sua jornada diária de racismo, violência e preconceito, e as ações violentas do governo, contra eles. Essencial para entender quem são os brasileiros das classes C-D-E.

 

3.     Torto Arado – Itamar Vieira Junior

Romance sobre uma comunidade quilombola no nordeste brasileiro, através de duas irmãs, Bibiana e Belonísia. As histórias de ambas passam pela luta pela terra, contra oligarquias tradicionais, a briga pelo direito de serem donos de suas terras, e a busca por melhorias sociais, como educação e saúde de qualidade.

 

4.     Ruína y Leveza – Julia Dantas

Romance essencial para entender sobre a Geração Millennial (jovens nascidos entre 1980 e 1995). A história acompanha Sara que, desiludida com o mundo, apesar de ter uma ótima formação acadêmica, busca identificar um sentido para sua vida.

Para tanto, ela vai em uma viagem pela América Latina, redescobrindo suas potencialidades e interesses.

 

5.     Os supridores – José Faleiro

Romance sobre os problemas que afligem jovens carentes de grandes metrópoles. Nele, acompanhamos a vida de dois supridores (pessoas responsáveis por repor itens na prateleira do mercado) que, amargurados com sua situação social, entram para o tráfico de drogas.

Um ótimo livro para entender sobre desigualdades sociais, racismo, violência, criminalidade e abandono da população pelo estado.

Conteúdo relacionado: