Qual é a diferença entre o diretor e o coordenador de um colégio?

 

Todos nós que já estudamos, lembramos: quando começavam brigas entre alunos, situações de desrespeito com o professor ou simplesmente algum caso mais preocupante, todos os envolvidos eram encaminhados pra “sala do diretor”.

Mas, o que um diretor de colégio faz, além de dar broncas? E além do diretor, por que os colégios têm, também, o coordenador?

Primeiro, é necessário dizer é que os cargos de Direção e Coordenação são diferentes. São cargos de gestão escolar, mas as atribuições de ambos são diferentes, apesar de ambos lidarem com os currículos escolares.

Talvez, a única semelhança entre eles, é no que diz respeito da formação. Para cargos de gestão escolar, todas as escolas públicas exigem graduação mínima em Pedagogia.

Por mais próximo de gestão que sejam os cargos, eles ainda têm um elemento principal: são cargos em uma Escola.

Vale lembrar, que aqui falaremos de Diretores e Coordenadores de escolas de ensino regular. No caso de faculdades as exigências são diferentes.

 

Diretor: um gestor pedagógico, focado em infraestrutura, manutenção e coordenação de pessoas

 

O diretor de escola, por mais que seja chamado a intervir em casos situações envolvendo conflitos entre alunos, é, acima de tudo, o gestor da escola enquanto instituição.

Ele até atuará na disciplina dos alunos, se for o caso. Mas o foco não é esse.

A primeira e principal função do diretor é na parte econômica da escola, junto a proposta desenvolvida e pensada pelo fundador do colégio ou pela secretaria de educação.

Assim, o que ocupa sua agenda, em geral, é) administrar as contas da escola. As contas com materiais (livros, cadernos, aparelhos de vídeo e informática), e as contas com a parte estrutural da escola (contas de água, luz, manutenção).

Burocracias, como contratos de trabalho, relatórios de auditorias, e fichas cadastrais de alunos também passam por ele.

Logo, seu trabalho é uma junção entre conhecimento e exigências do mundo pedagógico, e a administração de recursos e busca de soluções de problemas surgidos desse contexto.

 

Coordenador: um gestor de professores, um conselheiro de estudantes, um orientador do trabalho, para os pais

 

O coordenador, normalmente, é quem atende aos alunos expulsos da sala de aula. Essa é sua função mais facilmente compreendida.

Sua função é muito mais do que intervir em problemas de conduta, porém. Até porque, quem cuida de questões infantis graves é uma vara de infância e juventude, ou o serviço social.

Afinal, seu trabalho envolve, primeiro, a forma como as matérias e conhecimentos serão produzidos na escola. O coordenador vai pensar e discutir os currículos escolares com os professores.

Questões pedagógicas também são sua responsabilidade: a inclusão de alunos portadores de deficiência, os materiais a serem produzidos, problemas de conduta de alunos…

Outra função sua é a de orientar os alunos. E “orientar” significa identificar questões que estejam atrapalhando o desenvolvimento dos estudantes.

O coordenador, por fim, atende aos pais, tanto discutindo a vida e aprendizagem do aluno, quanto “traduzindo” o currículo escolar.

Conteúdo relacionado: