Como escrever redações à mão, mais rápido: 4 dicas importantes para quem vai prestar um concurso

Se você vai prestar um concurso, uma das partes que mais deve chamar a sua atenção é a redação. Isso porque, nessa parte da prova, não basta saber a matéria. É preciso saber expressar as ideias dela, de forma clara, lógica e formal, é preciso conseguir dialogar com outras matérias…

…E é preciso saber escrever rápido, e isso pode vir a ser um problema para muitas pessoas.

Primeiro, porque para muitos alunos das novas gerações, escrever rápido no computador é muito mais fácil do que escrever rápido à mão. E em provas como ENEM, todos os minutos contam.

Segundo, porque para algumas pessoas, escrever à mão, de forma legível, e em um espaço como de uma linha de pauta de redação, é um problema. Um problema de caligrafia mesmo.

Vale lembrar que “clareza” em um texto não é só expor ideias bem fundamentadas. Envolve, também, apresentar um texto visualmente limpo.

Então, quais são as dicas para uma boa redação manuscrita?

 

1.     Treine e decore fórmulas textuais

Treinar e decorar fórmulas textuais significa aprender estilos genéricos de texto, para usar eles em qualquer tipo de texto. Quem trabalha com SEO, como é meu caso, desenvolve isso (confira nos arquivos do blog do Pensar Cursos).

Uma fórmula textual genérica não é um problema, afinal, textos como a redação do ENEM (e os artigos do Pensar Cursos) prezam muito mais pelo conteúdo.

Uma fórmula textual genérica permite você otimizar seu tempo, e focar naquilo que realmente interessa: um conteúdo de excelência.

Lembre, uma prova como ENEM não pede que você seja um Michel de Montaigne (famoso ensaísta francês). Escrever um bom conteúdo, dentro de um formato padrão é o suficiente.

 

2.     Treine redação manuscrita, tanto em termos de velocidade, quanto de apresentação visual

Se você vai fazer uma redação manual, ter essa técnica treinada é muito importante. Algumas pessoas perdem tempo (e pontos) porque se atrapalham na hora de alinhar a qualidade do texto escrito à qualidade do conteúdo.

Aí o resultado final pode ser:

  1. um texto com borrões e rasuras, mas com um conteúdo de qualidade;
  2. Um texto limpo, mas sem qualidade de conteúdo;
  3. Um texto sem qualidade de conteúdo, e rasurado.

Como resolver isso/ treinando. Treinando escrever rápido, sem rasurar, textos com conteúdo adequado para um concurso. Treinar escrever incluí reescrever várias vezes, decorar fórmulas textuais e monitorar o tempo.

 

3.     Pratique caligrafia

Algumas pessoas têm problemas com a caligrafia. Isso é, tem “letra feia”. A parte boa é que a caligrafia de alguém pode ser treinada e aperfeiçoada. Você pode procurar cursos, ou comprar livros com parte prática.

Vale, inclusive, aqueles de crianças. só não pode apresentar um texto ilegível.

 

4.     Mesmo sem tempo, pense antes de escrever

Pensar antes de escrever é vital. Mesmo em uma prova de concurso, não comece simplesmente a escrever. Pare e pense sobre o conteúdo do texto. Tenha frases completas, antes de pô-las no papel.

Conteúdo relacionado: