[Pensar Cursos - top]

Banco do Brasil abrirá concurso para nível médio! Salário de R$ 4.036,56

[ Banco do Brasil abrirá concurso para nível médio! Salário de R$ 4.036,56]

Excelente notícia! O novo edital de concurso público do Banco do Brasil (Concurso Banco do Brasil BB 2020) para o cargo de Escriturário, de nível médio, já está em elaboração. A informação foi passada por uma fonte do banco ao site Folha Dirigida. O salário inicial é de R$4.036,56.

Segundo informações da fonte, a banca organizadora do concurso já foi definida. No entanto, o nome ainda não foi revelado. A previsão é que o edital seja aberto em março. A fonte não disse o quantitativo de vagas, mas revelou que o concurso terá amplitude nacional, abrangendo diversos estados do país.

De modo oficial, o Banco do Brasil desconversa. Inicialmente, a assessoria de imprensa do BB informou que não havia previsão de abertura de concurso, conforme informou o site Folha Dirigida. No entanto, após isso, em um segundo momento, o setor não confirmou e nem negou que a instituição esteja preparando um novo edital, limitando a dizer que a divulgação de informações sobre novos concursos depende de autorização do Conselho Diretor.

Nos últimos concursos realizados pelo BB, em 2015 e 2018, o setor de Comunicação também não confirmou, em um primeiro momento, que o banco preparava os editais. A informação só foi divulgada oficialmente próxima do lançamento do edital.

Prepare-se: Apostila Concurso Banco do Brasil 2020 – Atualizada

O Concurso Banco do Brasil 2020

O Escriturário de nível médio do Banco do Brasil faz jus ao salário de R$4.036,56 mensais, valor que já inclui os auxílios-refeição e alimentação, por jornada de 30 horas semanais. Além disso, os profissionais contarão com direito a:

– Auxílio-transporte (variável de acordo com a localidade do funcionário);

– Participação nos lucros (geralmente, paga duas vezes ao ano)

– Plano de saúde e odontológico; – Previdência privada com participação do banco;

– Auxílio creche/babá – Auxílio ao filho com deficiência; e

– Possibilidade de ascensão profissional.

O Escriturário do Banco do Brasil tem as seguintes atribuições: comercialização de produtos e serviços do BANCO DO BRASIL S.A., atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do BANCO DO BRASIL S.A. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

Último edital foi aberto para área de T.I.

O último edital de concurso Banco do Brasil publicado foi em 2018. O grande diferencial no concurso, no entanto, foi o bloco de Conhecimentos de Informática, que teve o maior número de questões (25) e não Conhecimentos Bancários, como aconteceu nos últimos editais.

A Fundação Cesgranrio, organizadora do certame, aplicou as avaliações em Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) ou São Paulo (SP).

De acordo com o documento publicado, as oportunidades foram para lotação nas cidades de Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). Para concorrer a uma das vagas, o candidato precisava ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, (MEC), e idade mínima de 18 anos completos na data da contratação.

O concurso do Banco do Brasil BB foi composto por quatro etapas, conforme disposto a seguir:

a) 1ª Etapa: Avaliação de Conhecimentos, mediante a aplicação de provas objetivas, de caracteres eliminatório e classificatório, sob a responsabilidade da FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

b) 2ª Etapa: Prova de Redação, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade da FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

c) 3ª Etapa: Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos(as) pretos(as) ou pardos(as), conforme edital.

d) 4ª Etapa: Procedimentos Admissionais e Perícia Médica, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade do BANCO DO BRASIL S.A.

A seleção foi feita através da aplicação de provas objetivas (1ª Etapa), de caráter eliminatório e classificatório, e de prova de Redação (2ª Etapa), de caráter eliminatório. As avaliações foram aplicadas no dia 13 de maio de 2018 nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) ou São Paulo (SP).

A primeira etapa contou com provas objetivas (70 questões de múltipla escolha), sendo (20 questões) de Conhecimentos Básicos e (50 questões) de Conhecimentos Específicos, de caráter eliminatório e classificatório, totalizando 100,0 pontos. Cada questão apresentou cinco alternativas (A; B; C; D e E) e uma única resposta correta.