[Pensar Cursos - top]

Caixa paga R$498 do FGTS de quem tinha mais de R$ 998 na conta? Saiba!

[ Caixa paga R$498 do FGTS de quem tinha mais de R$ 998 na conta? Saiba!]

Tinha mais do que R$ 998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$ 500? O trabalhador, neste caso, não poderá sacar nenhum valor do FGTS, conforme os critérios estabelecidos pelo governo.

Segundo informações da Caixa, o direito de resgate do valor depende de quanto a pessoa tinha na conta do fundo de garantia em 24 de julho de 2019.

                            Faça o curso GRÁTIS do PIS/PASEPE AQUI

Vale lembrar que só vai poder sacar quem tem até um salário mínimo (R$ 998). Se tivesse mais na conta, o limite de saque eram de R$ 500 mesmo e não será pago nenhum adicional.

° quem tinha até R$998 na conta em 24 de julho e não sacou R$500 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), poderá sacar R$998,00 a mais por conta;

° quem tinha até R$998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$500 poderá sacar mais R$498;

° quem tinha mais de R$998 na conta em 24 de julho e não sacou, poderá sacar R$500.


Os valores estarão disponíveis para saque pelo trabalhador até 31 de março de 2020. “A CAIXA seguirá a estratégia de atendimento que tem sido muito bem sucedida, inclusive com o modelo simplificado de pagamento, e atenderá com tranquilidade os mais de 10 milhões de trabalhadores que receberão valores complementares do Saque Imediato”, disse o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães.

Saque-aniversário começa em abril

Em 2020, entrou em vigor uma nova modalidade de retirada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a chamada saque-aniversário. Com esse novo modelo, os trabalhadores vão retirar uma parte do Fundo, uma vez por ano, com a condição de não poder sacar o saldo total da conta se forem demitidos sem justa causa. Em abril será iniciado os depósitos para quem nasceu em janeiro ou fevereiro.

Qual o cronograma completo de saques? Há direito à multa de 40% se for demitido sem justa causa? Quanto vou receber nesse modelo de saque? O saque-aniversário é a mesma coisa que o saque imediato? Tire suas dúvidas:

O saque-aniversário é um modelo de saque que permite o trabalhador retirar uma parte do FGTS uma vez por ano. Quem opta por essa modalidade não poderá sacar o saldo total da conta se for demitido sem justa causa. Só receberá a multa de 40% do FGTS, que não altera.

O modelo é opcional. Para entrar no sistema, é necessário fazer a adesão ao saque-aniversário. Quem não fizer a adesão permanecerá na regra anterior. Sendo assim, quem for demitido sem justa causa receberá a multa de 40% do FGTS e poderá sacar o dinheiro do fundo de garantia daquela conta. Não terá direito aos saques anuais.