Vamos conversar sobre como podemos te ajudar

Preencha o formulário e entraremos em contato o mais breve possível
Aguarde, enviando contato!
Logotipo Pensar Cursos Logotipo Pensar Cursos
Logotipo Pensar Cursos

Salário mínimo passará de R$1.045 para R$1.079 pela primeira vez na história

Para o próximo ano o piso de salários no país vai ter uma correção de 3,25%,

caique Macedo caique Macedo |
Salário mínimo passará de R$1.045 para R$1.079 pela primeira vez na história
Salário mínimo passará de R$1.045 para R$1.079 pela primeira vez na história

O Governo federal prevê que o salário mínimo, hoje no valor de R$1.045, passará para R$1.079 em 2021, novo valor pela primeira vez na história. A quantia está no texto do projeto orçamentário enviado ao congresso.

Com o projeto enviado ao Legislativo, o piso de salários no país vai ter uma correção de 3,25%, referente à previsão de variação da inflação no período. O salário mínimo previsto não promove ganho real aos trabalhadores.

Em 2019, o governo acabou com a política de reajuste real do salário mínimo. Sendo assim, agora o valor salarial se limita a seguir a determinação da Constituição, que fala em preservação do poder aquisitivo do trabalhador.

O ganho real do salário mínimo foi implementado por Fernando Henrique Cardoso (PSDB) informalmente, em 1994, logo após a adoção do Plano Real. As gestões petistas oficializaram a medida.

Sem ganho real no salário, o governo consegue um alívio financeiro, uma vez que o aumento do salário mínimo reajusta automaticamente benefícios previdenciários e assistenciais. Para cada R$ 1 de aumento no valor do mínimo, o governo amplia em cerca de R$ 355 milhões as despesas por ano.